Make your own free website on Tripod.com

voltar

 

Preparação do atleta

 

 

A preparação do atleta é um trabalho que envolve não só o atleta, como o técnico, toda a equipe de apoio e a família do atleta. Não adiante o atleta ser amparado por uma equipe com a qual ele não se dá bem. Tal situação irá levar o atleta de sempre achar um erro na equipe e culpar a equipe pelos próprios erros (era o caso do Barrichelo na Ferrari - a equipe era culpada quando o carro quebrava, era a equipe que de propósito lhe deu um motor defeituoso, e assim por diante).

 

Da mesma forma como o ambiente de trabalho deveria ser o mais harmonioso possível, o ambiente particular deveria ser equilibrado. Isso significa, não adiante o atleta receber uma prescrição de alimentação da nutricionista e a mãe do atleta ora toda tendendo induzir o filho (filha) a se alimentar de forma diferente. Tal atitude é contra produtiva.

 

Também não adianta a esposa, esposo ou a mãe ou o pai do atleta não quererem que o mesmo pratique tal esporte, botando empecilhos no caminho.

 

Tudo isto e muito mais afetam diretamente no desempenho do atleta e fazem parte da preparação psicológica do atleta.

Agora existem outros fatores que influenciam o desempenho do atleta:

  1. Motivação

  2. Medo/coragem

  3. Ansiedade/expectativa

  4. Raiva/agressividade/vontade de vencer

Estudos amostraram que que o desempenho do atleta vai mão em mão com uma certa dose dos componentes acima mencionados. demais raiva, ou  ansiedade, ou de menos deles causa um desempenho medíocre. A arte é saber em que dose é necessário para cada atleta individualmente.

 

No caso da motivação, nós temos dois tipos diferentes:

1) Motivação para sucesso. Neste caso o atleta busca a vitória, busca vencer, ele é agressivo.

2) Motivação para o fracasso. Neste caso o atleta busca não perder.

Enquanto que a motivação para o sucesso é um ato afirmativo, no segundo caso o ato é negativo e uma mera reação. E como negações não são processados pelo nosso subconsciente, automaticamente o atleta se programa para perder.

A motivação para o sucesso é muito importante e tem que ser treinada. Muitos confundem estes dois tipos de motivação, pensando que quando estiverem perdendo a melhor coisa é controlar o estrago, e isso é errado. Mesmo estando perdendo (e em especial, estando ganhando) o atleta tem que conseguir eliminar da mente o que foi e se concentrar no que está á sua frente - isso se chama motivação para sucesso.

 

Motivação, medo, ansiedade e raiva causam um aumento de cortisol, adrenalina, endorfina, seretonina, que por suas vezes aumentam a atenção, concentração, desempenho, atividade do atleta. em excesso podem chegar até a paralisar o atleta, em insuficiência, nada acontece.

Por exemplo: uma pessoa pega um tremendo susto. O susto vai causar com que uma enorme quantidade de adrenalina é injetada no sangue. Tal adrenalina vai proporcionar a energia necessário para tal pessoa reagir ou agir. Se tal pessoa for atacada, ela poderá se encolher ou agir, a adrenalina vai fazer que ela sinta muito menos dor do que em estado normal e consiga superar seus próprios limites. A arte é saber exatamente como controlar estas emoções, de acordo com a personalidade e individualidade de cada atleta.