Make your own free website on Tripod.com

Psicologia do esporte

Durante os dias 15, 16, e 17 de Setembro teve o treinamento dos técnicos de arco e flecha de todo o Brasil. Nesta ocasião a renomada psicóloga esportiva Regina Brandão deu uma palestra. Estas são as anotações que tomei durante a palestra, mais algumas idéias minhas. Muitos temas foram abordados, alguns desses temas expus aqui. Espero poder ser de uso para todos.

 

Quando falamos em psicologia esportiva não devemos confundir com tratamento psicológico clínico e muito menos com tratamentos psicóticos, internação, etc.

A psicologia esportiva visa prepara o atleta, oferecer ao atleta meios e ferramentas para melhorar seu desempenho.

Quando analisamos o preparo do atleta nós temos cinco níveis, que se influenciam mutuamente:

 

preparo espiritual

preparo psicológica

preparação tático

preparo técnico

preparo físico

 

Infelizmente, a maioria dos atletas só enxergam o preparo físico e em alguns casos isolados ainda o preparo técnico e tático, mas aí acaba a visão do atleta e em muitos caso também do técnico.

Quando se quer prepara um atleta, este tem que estar totalmente preparado. Tanto fisicamente com mentalmente e para isso nós temos a psicologia esportiva que visa prepara o atleta mentalmente (psicologicamente), lhe dando alicerces fortes e uma mente forte e resistente.

Muitas vezes o atleta está fisicamente em ótimo estado mas mentalmente um caos, e aí o desempenho cai. Tal caos pode ter suas origens em problemas familiares, dificuldade de trabalhar com determinadas emoções, medo de campeonato, ansiedade, repentina falta de auto-estima e insegurança, etc, etc, etc.

Portanto podemos dizer que a preparação psicológica do atleta visa alcançar uma melhoria planejada e sistemática das capacidades e habilidades psíquicas individuais do rendimento do atleta e a estabilização e otimização do comportamento do mesmo em competições.

Sendo que este treinamento não é só direcionado a atletas, como também a técnicos e equipe de apoio.

 

O preparo físico: é o que todos já conhecem, é o treinamento muscular.

O preparo técnico: é o treinamento da técnica que só será bem depois de um decente preparo físico.

O preparo tático: é o preparo para as táticas de campeonato, envolve tanto o timing como o pós e depois treinamento.

O preparo psicológico: acabamos de falar e é o tema destas páginas.

O preparo espiritual: são as crenças e credos da pessoa. É o gato preto atravessando a rua pela esquerda, o vidro quebrado, presságios, a vela na encruzilhada, crenças e credos que tem que ser respeitados. Agora quando as crenças começam a ficar neuróticas e a atrapalhar o atleta, aí entra a psicologia esportiva e mais tarde, se for necessário, a psicologia clínica.